top of page

Não descuide da hidratação

hidratação

A hidratação deve ser um hábito entre os corredores, que devem ingerir líquidos antes, durante e depois dos treinos. Especialistas alertam para os períodos de baixa umidade do ar, quando a atenção tem que ser redobrada. De norte a sul, o Brasil tem climas diferentes, por isso, a rotina de hidratação em São Paulo, nem sempre é igual a outros lugares. Brasília, por exemplo, o clima é instável demais e os corredores tem que se cuidar para não prejudicar sua saúde. Lembrando que: realizar atividade física sem ingerir uma quantidade de água suficiente pode provocar fraqueza, moleza, diminuição do desempenho e até desmaios.


Quando um indivíduo está desidratado, significa que houve uma perda excessiva de água do organismo, acompanhada da perda de sais minerais e orgânicos. Realizar atividade física sem ingerir uma quantidade de água suficiente pode provocar fraqueza, moleza, diminuição do desempenho e até desmaios.


Muita gente não leva a sério, mas a desidratação é um perigo, podendo causar até mesmo trombose vascular cerebral, como foi o caso da Roberta Palma, corredora e editora do Jornal Corrida, que sofreu uma TVC durante uma série de treinos contínuos num feriado de Carnaval, em 2020, quando se preparava para uma prova de 50 km na montanha. "Sempre fui de tomar pouca água, me hidratar errado em treinos e provas. Nunca imaginei que algo assim pudesse acontecer com desidratação, mas foi um aprendizado na dor!", conta ela.


O ideal é a pessoa beber 300 ml a 500 ml de água por hora de prática desportiva, principalmente nos períodos mais secos. Além disso, deve ser feita a reposição de sais minerais e eletrólitos também. E durante o restante do dia, devem ser ingeridos, pelo menos, mais oito copos do líquido.


Quando o corpo perde água as funções orgânicas, como a absorção de nutrientes, ficam prejudicadas. Uma pessoa pode aguentar até 40 dias sem comer, mais nunca mais do que três sem água. O suor é o primeiro sinal de que o corpo está perdendo líquidos. É a maneira como o organismo reage para manter a temperatura interna estável, seja no inverno ou no verão. 


É a água quem permite que as fibras musculares deslizem com mais facilidade, melhorando o rendimento físico e evitando cãibras. Até para ganhar massa muscular é preciso manter-se hidratado, pois é ela que faz com que o glicogênio chegue às células e nutra as fibras musculares.


Mas atenção com a água que você leva à boca. Se a procedência for duvidosa, não beba, pois ela pode conter micro-organismos responsáveis por várias doenças.

Commentaires


bottom of page